post-title Portugal mais perto da Alemanha do que de Espanha”, diz blog do Financial Times https://bai.pt/wp-content/uploads/germany-vs-portugal.jpg 2014-09-24 10:02:03 yes no Posted by

Portugal mais perto da Alemanha do que de Espanha”, diz blog do Financial Times

O turismo, a indústria automóvel, o investimento: muitos são os argumentos que, da perspectiva do blog do Financial Times, justificam a saúde “relativa” do mercado de trabalho português.

Posted by

“Portugal mais perto da Alemanha do que de Espanha”, diz blog do Financial Times
Ana Batalha Oliveira
4 Abril 2018

O turismo, a indústria automóvel, o investimento: muitos são os argumentos que, da perspectiva do blog do Financial Times, justificam a saúde “relativa” do mercado de trabalho português.
Portugal está na mira do Financial Times. Esta quarta-feira é assunto no blog da publicação, o Alphaville, e sai bem na fotografia: “a experiência da crise foi um híbrido entre Grécia e Itália. Contudo, hoje, [Portugal] está com um melhor desempenho que ambos”, lê-se no blog (acesso condicionado). E vai mais longe: olhando da perspetiva dos portugueses que estão empregados, “Portugal aproxima-se mais da realidade alemã do que, digamos, Espanha“, escreve a publicação. Da balança comercial ao turismo, o FT explica ponto a ponto o bom momento da economia portuguesa e o “mercado de trabalho relativamente saudável”.

Desemprego em novos mínimos em fevereiro na Zona Euro

Ler Mais

“Não há aparentemente uma única razão para Portugal ter sido bem-sucedido enquanto outros [Grécia e Itália] falharam”, mas parte da explicação está no desempenho económico que “superou bastante a procura interna” e levou as receitas das exportações a dispararem. Por outro lado, as importações aumentaram menos, ajudando a equilibrar as contas com o exterior. Em números: a balança comercial líquida melhorou cerca de 20 mil milhões, o equivalente a 10% do PIB.

ADVERTISING

inRead invented by Teads
A explicação mais “anedótica”, segundo o blog, é o turismo. “É difícil encontrar alguém que não tenha recentemente passado férias em Portugal”, constata. As exportações dos serviços de transporte e viagens mais do que duplicou desde 2008 — de 6 mil milhões para 14 mil milhões em 2017. Em perspetiva, “um terço da melhoria na balança comercial deve-se ao crescente interesse dos estrangeiros pelas cidades portuguesas”.

Desemprego cai para 7,9% em janeiro e deve voltar a recuar

Ler Mais

Contudo, o setor do turismo já tinha um grande peso nas exportações anteriormente, pelo que é só “ligeiramente mais impressionante” que outras exportações. O Alphaville destaca também as vendas da indústria automóvel, que deram um salto de 40% no mesmo período.

Para além das exportações e importações, há que olhar à qualidade do investimento, refere o blog. “Se acreditarmos que o Capex (investimento em capital) é o que mais impulsiona a produtividade — e portanto crescimento a longo prazo — em comparação com outras formas de investimento, estas são boas notícias para Portugal”. Desde 2013 que o crescimento tem decorrido sobretudo do setor empresarial não financeiro.

Nem tudo são boas notícias
O Alphaville aponta, porém, alguns números que pesam negativamente e assinala que “a recuperação portuguesa tem ainda um longo caminho pela frente“.

O número de horas de trabalho e de empregos disponíveis entraram em declínio em 2009 e, apesar da recuperação desde 2013, ainda não voltaram aos níveis pré-crise. A “emigração massiva” e o abrandamento na imigração estão intimamente ligados com esta realidade, afirma o Alphaville. Enquanto, de 1998 até 2007, o mercado de trabalho saiu reforçado em 313.000 pessoas, desde 2008 que os números inverteram e conta-se uma perda de 120.000 trabalhadores até 2016. “Isto ajudou na taxa de emprego mas representa uma larga — e provavelmente permanente — perda de capital humano“, alerta a publicação.

(Notícia atualizada às 11h38 com mais informação)

Comments (1)

  1. Ei lá! Alguém em meu Myspace grupo compartilhou este site conosco por isso vim Dê
    uma olhada. Eu sou definitivamente desfrutando as informações.
    Eu sou bookmarking e vai ser twittar isto para os meus seguidores!
    Fantástico e fantástico design e estilo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What people say about our doctor?

Loading…

Latest News on Your Doctor's Blog

Loading…